Quem vos Fala

Minha foto
Nerd-Headbanger-Apaixonada por Rosa, Química, Moda e Artes. Resolveu ser médica apesar de gostar de escrever (contrariando a classe) mas que ainda assim tem uma letra terrivelmente feia (justificando a classe..rs) "Os ideais que iluminam meu caminho são a bondade,a beleza e a verdade." Uma mistura de coisas distintas,incorrelatas,e completamente legítimas.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Mês Quinto

E tudo o que eu consigo dizer é:




'Que bom....que eu estou aqui.'




=))





Bisous!


Do Brasil...........Com amor. =)

sexta-feira, 13 de julho de 2012

MÊS QUARTO

E eis que, exatamente (e finalmente) quatro meses depois, estou indo novamente para o aeroporto...
só que dessa vez...com um sentimento perfeitamente oposto ao que eu tive há quatro meses atrás. E um rumo.......totalmente diferente.

=)



no momento, é impossível dizer tudo o que sinto.
Só posso dizer que, claramente, há uma felicidade imensa...e alívio.

Me aguarde, querida Sampa. Falta pouco...tão pouco!!
Estou chegando!!






Como é bom voltar pra casa...!










e pela última vez...




p.s. Esses dias foram absurdo de corridos. Tanta coisa pra acertar!! Comprar últimos pedidos, acertar o apartamento com a Sara, empacar tudo, ter todos os documentos e coisas organizadas e direitinho, etc, etc, etc...tudo digno de uma mudança.
Acabo de encerrar as últimas malas. Estou com trambolhos gigantes, haha, mas consegui projetar de forma a ficar fácil e prático de eu carregar\trasladar, e que sejam a menor quantidade de "bultos"  ('itens-volumes') possível.
Agora...go home! =) e desempacar tudo e reorganizar o quarto, as novas atividades, e seus novos rumos... e não desestimular as coisas ganhas e aprendidas, que estavam por hábito, e tampouco perder o estímulo para fazê-las e mantê-las, além do próprio de retornar.


p.s.2. Possivelmente o blog mude de título, ou o mantenha apenas como forma 'icônica' para representar o início de muita coisa. Mas a temática, sem dúvida, vai alterar..e especialmente "o local".
Agora o rumo do blog vai ser bem interessante..e acho que vai acontecer muita coisa nele, e muito nele vai mudar.
Vamos seguindo.. =)

sábado, 30 de junho de 2012

Cena congelada...







Hoje era um dia que, a princípio, eu tinha como certo.

Combustível de todos os dias. Aguardado a cada dia, contado nos dedos. E quente e vivaz como brasa.


Dia 30 de Junho, O Dia que eu embarcaria de volta.

Mas os rumos mudaram,
as coisas foram por forma diferente,
e ficou um pouco pra depois.
E a vida e calor da brasa ficou em outro formato. Mas muito mais cálidas do que antes.


Imagem congelada. Um Stop. Um sutil Stand By.
Mas sem qualquer frieza como a do fim irremediável.


E curiosamente serão..realmente...exatos 4 meses.
E somente exatos quatro.


Esperar só mais um pouco.
Só mais um pouco.
E nunca mais.

:)

#nowplaying Misfits - Last Caress




Bisous.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

A Primeira

Faz tempo que eu não posto. De forma até assustadora, o tempo correu ABSURDAMENTE rápido e..cá estamos, praticamente Julho.

Essa é uma semana MUITO especial.
Pela primeira vez, receberei a visita dos meus pais. :)

Coincidentemente estou em época de provas também, pois sim. Época importantíssima, e absurdamente decisiva, mas não somente pelas provas em si.
Está sendo uma semana de observar muitos aspectos (referentes à situação do país em si), de estabelecer muitas coisas e averiguar.
Enfim, muita coisa rolando ao mesmo tempo...

Mas nah..! Eu não consigo pensar em outra coisa senão a vinda dos meus pais!!
Estou super animada!! e ansiosa também.



Esse dia realmente chegou. É. :) e realmente, tem um sabor divino.


Não há dia que eu não pense no que fazer, em como deixar tudo, em saber se está realmente tudo direitinho, se é preciso algo, se eu fiz tudo direitinho ou não...
além de ficar planejando mil e uma coisas, e ficar imaginando como serão as coisas aqui, os passeios, coisas a ver e fazer....
e fica lá um exercício mental absurdo até mesmo quando estou vendo algo em uma lojinha e passo a sentir como se minha mãe estivesse do lado me dizendo o que acha ou me mostrando algo também.

Fico aqui arrumando papéis, faxinando, fazendo listas, fazendo listas do que preciso comprar e equipar para recebê-los, vendo as coisas e pensando o que vão achar, pensando o que perguntarão sobre coisinhas que estão aqui comigo que surgiram durante o caminho, e nas coisas que NÃO surgiram durante o caminho (e ai explicar #comofiz) e... oh well!! TANTAS coisas!
Sem críticas, nem nada. Tenho certeza. Talvez nem essas coisas rolem, mas é mais anseio meu. Anseio de...apresentar meu canto, e tentar de alguma forma contar, da melhor forma possível, e incluí-los de forma sensorial, sobre como são meus dias, minha rotina, minha atual vida...
e tentar apresentar da forma correta, dizer que está tudo bem, tudo certinho, e sentir o alívio, satisfação e alegria saindo deles..e de seus rostinhos. :)

Eles merecem.

Foram tantos meses, a rotina e as coisas simplesmente surgiram...sem nada de demais, apenas fui fazendo o que sempre fiz, e justo agora me dou conta de que realmente lidei de uma forma minha.....totalmente "x" e que não tenho idéia de como contar sobre isso! haha
Ma realmente quero poder apresentá-los tudo sobre minha vida, sobre esses meses, sobre cada dia aqui em casa...e sobre cada coisinha que inclui nela, e que agora realmente noto, são tantas..com mil e um detalhes.
E nossa..também teve tantas mudanças que nem fui me dando conta! Desde as mais bobas até umas grandiosas, além de perceber o que e o quanto elas significavam e o desafiante e difícil até que foi cada coisa.
(fui me dando conta até das mudanças comigo, fisicamente, ao ver as fotos do começo, quando cheguei aqui. Me assustei ao ver o tamanho do meu cabelo agora, e que consegui deixar as unhas compridas, o emagrecer, e até mesmo a disposição e o calor da minha própria casa como foram mudando.... rs)
Me recordo até do início das minhas relações aqui, com a própria baires, com os argentinos, e até mesmo com o pessoal do BR (seja os que estão aqui ou ai), especialmente com os que estão ai..pessoas que conhecia há tempos mas que acabei me aproximando ao estar mais "engauchada" rsrs :) (RS 8D - trocadilho DIZINFELIZ viu.)

Mas frente a isso, também penso o tempo todo no imenso alento de ter o abraço dos meus pais, de poder vê-los (é engraçado, por mais que nos falemos por internet e tudo, a "sensação real" ficou tão esquisita que eu acho que meu coração vai disparar da mesma forma que deve disparar quando nascemos e os "vemos e conhecemos pela primeira vez") e...simplesmente queria que eles ficassem aqui muito mais tempo do que o que de fato ficarão (10 dias).

Lindo que eles chegarão sexta a noite. Exaustos, claro, mas sextas...e a noite..são um tesouro porteño, seja em casa, seja na rua, com família e gente amada aqui se torna muito mais rico e delicioso do que costuma ser em qualquer lugar. Vai ser uma sexta linda e especial!! :)))
recebê-los no "dia de jóia" da cidade, e oferecer todo esse encanto de recepção é simplesmente demais.

Casa limpa e a melhor refeição para eles. :))) of course!!!

(pois apesar de eu ser jovem e estudantezinha, são meus papis, e meu caráter, comportamento, temperamento e educação+vontade anfitriônica BERRAM mais do que tudo. :p)

Esses dias vi meu tio, e há um mês tive também uma visita DEMAIS de especial. Grandiosos dias.
Ambas visitas me alegraram muitíssimo e também foram bem elucidativas e companheiras, e dessa vez não será diferente...
a grande diferença é que são "os meus" :)
mas todos me acompanhando, e me acompanharam, e realmente ilustraram o que foi todo esse caminho, o que é esse caminho, aonde estava indo, a onde foi, e aonde está caminhando e indo...

como o tempo passa...

e já estão eles aqui, novamente.
Puxa que engraçado, não consigo nem imaginar direito já como é ver a carinha deles, ouvi-los andar aqui, sentir eles pertinho, conversar pessoalmente... e até mesmo o que faremos por aqui!!
A sensação de realidade e presença é realmente incrível de forte e intensa...é gigante!!! Nessas horas que tudo sai do hiato, do stand by, e fica vivo, real, palpável...o coração dispara e os olhos nem acreditam. As coisas ficam de verdade, viram de verdade, e a gente acorda e se torna "vivo de novo".


O "Bom-Dia" da minha mãe...o beijo na testa do meu pai.


Quero que sejam os mais eternos 10 dias de toda a minha vida, e que eles adorem meu cantinho que afortunadamente me podem proporcionar com tanta qualidade e, senão dizer, luxo...
e seus pequenos pedaços incrustrados, de todos esses meses..e de uma nova pequena vida formada e começada aqui...
e que seja pra onde vá em todo o seguir dos anos...
começou e agora faz parte de todos nós.



:)
hora de estar mais pertinho.












Bisous



domingo, 10 de junho de 2012

Só pra (auto) notificar..

Estava, agorinha, escrevendo uma post.
Mas eis que, enquanto escrevia, olhei-a com ternura e profundidade, a salvei..e guardei, junto de tantas outras "obras não terminadas".
Acabou que realmente resolvi não postá-la.

Não diria que foi estado de espírito que mudou, porque não mudou em nada, mas ao escrever, a escrita (vale a redundância) talvez tenha cumprido a sua principal e velha função comigo: ser um prolongador do meu próprio espírito, que recebe o que preciso ou tenho a dizer, um receptor das minhas idéias e desenvolvedor das mesmas, e nisso..quem sabe, as ordena ao serem aplicadas, e as eterniza..as fixa.. e também as torna reais, palpáveis, claras e visíveis por uma vez que seja. Talvez nunca mais se repitam (geralmente não), mas em qualquer momento são perfeitamente possíveis de serem "re-lidas".
Talvez por esse motivo acabam por, quem sabe, ficar engavetadinhas como as cartas mais delicadas e do mais fundo da minha introspecção e interior mesmo.
É definitivamente um "auto-retorno", aqueles momentos de conversa com nós mesmos da forma mais simples, clara e aberta. Porém, a essência delas em si, que vai muito além de apenas momento e representam realmente algo bem de dentro que apenas virou "o tema do diálogo" de uma vez, se mantém, é claro, todos os dias e são algo muito presente....pois claro, fazem parte da nossa "composição" e do nosso "ser e espírito", digamos assim. (e com redundâncias válidas, novamente.)
Aos poucos, quem sabe, eu vá postando alguinho...
mas realmente, creio que se elas forem se transmitindo, não são via palavras....ai é realmente no meu operandi prático mesmo (de atitude), pois fazem parte do "espírito e da essência" né? Acabam rolando mais como "o fundo" e como "guias" de como levamos (estado presente) nossa vida.
Sem esquizofrenias..só avisando ;p

Bom, isto é só pra notificar mesmo que não foi mudança de espírito, que há algo escrito, e que bem, ficou ali como um registro claro e direto de um interior, sustentado pelo papel, e ordenado pelas palavras que ao mesmo tempo surgem do espírito e voltam para o mesmo.


*Divagando...*
E se isto não for expressão, realmente já não sei mais o que seria, rs
É impressionante como isso é intrínseco ao homem e totalmente necessário. É como nossa "segunda voz", senão, nossa forma mais profunda de tirar e dizer algo.
Posso dizer que minha "terceira" e "quarta voz" são o desenho e a música. Não há qualquer dúvida. O desenho eu me refiro ao tudo que seja visual e algo dramatizável, ai pode ser a fotografia, pintura, escultura, moda, etc, ou o desenho em si.




Bisous


quinta-feira, 7 de junho de 2012

Friozinho... II

O frio aqui em Buenos Aires não está lá muito modesto.
Mas está bonito, de toda forma. :)

Uma frente polar chegou aqui há uns 3 dias, mas este é o segundo dia com as temperaturas realmente baixas (e com amplitude considerável). Hoje (quinta), tecnicamente, será o dia mais frio desse período (a madrugada ja foi suficiente para considerar o dia mais frio DO ANO)..onde atingiremos sensação térmica de -6º (MENOS SEIS!) e a temperatura mínima será, realmente, de 0º (ou -1º).
Ontem a mínima foi de 1º e a sensação térmica de -3º.



Mas desde terça estamos atingindo temperaturas negativas...(além da sensação térmica).

Primeiro dia de 'friozinho'..
foi o meu 'bom dia' haha!

Mas o mais legal desse friozinho que chegou foi algo que fez todo mundo ficar aguardando com muita ansiedade e emoção... (o pessoal do RS e SC também, especialmente das suas Serras..)

A NEVE :)

Aqui na Zona Norte não pudemos presenciar muito, houve mesmo uma aguanieve* (geada) bem forte, e ao amanhecer também por toda a cidade.
*linda essa palavra, não? :D e bem didática também! não que geada não seja, mas aguanieve soa até poético apesar de ser menos sofisticada. É totalmente intuitiva.
Aproveitando minha típica insônia aproveitei pra esperar a neve..mas infelizmente não chegou (e eu também não aguentei e dormi, mesmo que tarde), exceto lá no centro e mais pro Sul mesmo..que já é naturalmente mais úmido e também mais frio.

(já o pessoal de Porto Alegre ficou triste já que faltou umidade na cidade para poder nevar...elaiá. Mas acho que esse ano haverá fortuna para as terras Gaúchas! Complicado mesmo são países árticos, a neve lá dá realmente muitos transtornos. No canadá a neve é motivo de alegria pois prova que aqueceu, apesar de ser algo terrivelmente difícil de lidar e que complica muito a vida... - não dá pra sair de casa, tudo trava, complicado... e isso mesmo tendo estrutura. Natureza, né?)
Mas antes da madrugada em si, já estava nevando bastante em umas regiões da cidade, em especial as que já mencionei! (o Obelisco - que fica mais pra área central mesmo - estava irreconhecível! tudo ao redor tava branco durante a manhã! haha)
Em outras províncias, mais pro Sul do país, houve realmente nevasca e muitos problemas por conta.



Bom, eis que me resta realmente me proteger BASTANTE do frio, e me aquecer aqui com minha coberta querida, e minha boa taza (xícara) de chá x)
*obs: to ficando reacostumada, legitimamente, a usar o espanhol. Por ser minha língua mater, acaba sendo mais forte que eu a atração pela sonoridade... não mais, os próprios costumes lá de casa mesmo eu sendo naturalmente fluente com o Português e uma amante da nossa querida língua lusófona. Mas é que, definitivamente, existem sons de dadas palavras que soam tão agradáveis e mais doces...
essa é uma qualidade do espanhol muito deliciosa, e que mesmo com a dureza do espanhol rioplatense (porteño..ou argentinês mesmo), acaba se mantendo de dada forma...
agora compreendo porque as vezes minha mãe achava minha voz um tanto "forte demais" ou "dura" haha santo Português!*

Bom...
Esse edredom era um dos primeiros itens que eu e minha mãe vimos ao chegar aqui em Baires e ficamos enamoradas imediatamente.
Mas eu,  além de tudo, fiquei encantada pelo tramado dela...o sutil contraste entre os acetinados que formam as figuras *as listras grossas sobre as finas e o fundo, e as listras na outra face sobre o fundo lisa*. Mas o mais lindo é, sem dúvida, esse tom branco...tão branco...feito, realmente, como neve :) *foto pífia, lamentavelmente*
Ela é toda volumosa e fofa, e ao mesmo tempo leve. Agradabilíssima.

 


Minha mãe me disse que é um edredom de 400 fios (e que por isso tem esse brilho acetinado), e que é um item muito delicado e de altíssima qualidade.
*TY Dona Rita pelos seus fantásticos conhecimentos eternos sobre decoração e arquitetura e o bom gosto épico e eternamente criativo! :D*
Consegui baratinho!
(O valor dele acabou sendo o de um edredom comum, e geralmente em promoção.
Esse tipo de edredom comumente tem um valor absuuurdamente elevado.
Fiquei contente da boa aquisição por bom preço :D)
Lamentavelmente o vendedor não tinha a menor consciência do valor do trabalho de um edredom como esse (tão suave, acetinado e de tramado tão delicado)...mas pelo menos acabou que paguei um preço camarada por ele hahaha xD - minha mãe não acreditou no valor. A Sara também não...ela achou lindo o edredom, e se impressionou com o barato (já que valeu o de um item realmente mais ordináriozinho..). A Sara gostou pois achou que combinou bem com o ambiente :)

Fora ele, tenho uma manta de lã, muuuuuuuuuuuuuuuito quentinha, e super suave. Macia, macia, macia, macia, até eu não ter mais como dizer o cúmulo da ternura. O único inconveniente é que ele solta um pouco de "pelos".. (que parecem mais pequenos discos finos de algodão no campo...JURO! haha) mas não é nada de demais :)



Mas eu tenho um prazer incrível de montar essa casa como vocês não imaginam...na mescla de compor coisas necessárias, que dão pequenos (senão grandes) confortos, realmente é lindo poder compor suas coisinhas..pensando na cor, na forma, na qualidade... e naturalmente dando nosso toque, nossa cara. É nosso lugar de segurança e descanso né, é bom cuidar e viver bem..não tem forma mais simples de viver bem!
E eu sou encantada pelo tom branco e luminoso da casa, que apesar de bem clean também é aconchegante e feminino. Gosto de enaltecê-lo.
O Gabe até me deu de presente um ralador (HAHA) branco SUPER bom! Visto que os legumes aqui são duríssimos, ajuda horrores..e faz tempo eu queria um desses. Achei um máximo ele lembrar e escolher a cor branca, cor que gosto TANTO (depois de rosa) e que combina tão bem com a casa. :) Ty Gabe!
*eu caseira? MAGIIIIIIIIIINA. Que isso! To nem ai pra casa, e nem gosto de ficar e fazer coisas em casa, magina. Mesmo. 8P*

Btw..
Tem um pessoal aqui arrumando as janelas do apto (péssima época) e estão aqui fazem boas horas...
IMAGINA o frio que eu to sentindo né?! hahaha *digitando com luvas e ainda assim a mão tá dura*
Logo logo eles terminam.....
*Btw: O pessoal ai das janelas é muito legal! O chefe da equipe, e também dono da empresa, é um senhor Paraguaio e a empresa é familiar. Tivemos um diálogo muito interessante na outra vinda, e achei incrível a simpatia e a honestidade do homem no diálogo. Ele me disse que tudo o que sabe do Brasil é aquele clichezão - sim, ele tem consciência disso! - que transmitem por ai, mas obviamente em nenhum país há um formato só, ainda mais em um país grande como o Brasil...
falei um pouco de Sampa, e ele achou muito interessante e achou bem legal! Perguntou de como é a gente de lá..e tudo. Gosto desse tipo de oportunidade.
Mas o mais legal é que eu lembro do meu pai - que é Paraguaio - quando escuto o sotaque e eles falando em Guarani, ou mesclando as duas línguas (coisa comum, é da forma de falar deles)
HAHA
O sotaque paraguaio é bem bonito, por sinal.
Tem uma mescla do rioplatense, com o índigena próprio e o castiço total da região de Castela - o que ajuda BASTANTE com essa aproximação com o português.
Eu devia aprender alguinho de Guarani com meu pai, mas eu só sei algumas poucas palavras que é quando ele conversa com meus tios por telefone. - e bem, não sei mais se ele sabe (lembra) tantas...
Uma delas é SHERÁ (= irmão, mas no sentido de camaradagem, de alguém próximo que nos damos bem). Bonita né?
E tem outro ponto muito legal também.
Visto a limpeza e educação tão alta, delicada e impressionante que os Paraguaios tem - aqui na Am.Latina é uma fama muuito conhecida e reconhecida, a formalidade deles também é bem característica e bem bonita, além da capacidade de produção cultural na música e na poesia, e em artes em geral - realmente é confortável quando estão trabalhando aqui, há muito respeito e bom humor, além do cuidado. E não é algo travado, é bem cheio de simpatia! É muito legal quando pegamos peões e operários tendo mais desse esforcinho e cuidado, e até mesmo menos grau de ignorância, no que for. Realmente queria que no nosso Brasil tivéssemos isso..tempo..tempo!
Poxa poxa poxa Guerra do Prata, porque rolaste?! Era realmente um país e um povo promissor..pacífico, dedicado aos estudos, criativo, polido e bem cheio de dignidade, vista até hoje que mesmo sendo pobre, tem suas cidades bem cuidadas e até o homem mais pobre anda com tanta altivez e cuidado, sem perder qualquer doçura e respeito. Essas coisas inspiram...elaiá.
Mas é demais ouvir eles falando Guarani e mesclando com o espanhol hahaha eu me divirto, gosto de ouvir 'sons novos' e é engraçado ver como eles se divertem trabalhando, assim que é gostoso né? Passar o friozão todo aqui foi até minimizado xD
Mas a Sara ficou toda comovida pelo frio que tá aqui em casa por causa desse acerto, e quase me fez transformar em uma bolinha de tanta ternura ao me notar com frio xD (tocou minhas mãos que estão dois cubinhos, não bastando já serem naturalmente frias). Quase viro uma bolinha de ternura e toda encoberta de coisas, e pequena como sou, eu SUMIRIA.............fácil!rsrs*

Dois janelões totalizando algo como aproximadamente 3 metros, fazendo buracão justo nessa friaca xD


A Sara me comentou que, visto o frio que está e que o inverno DE VERDADE (de julho) ainda vai chegar, possivelmente verei neve por ai! :3
Ela quis me dar uma bela animada (e conseguiu!) por conta do bonito cenário que fica no inverno daqui, e de fato..é vero. Não suficiente a própria cidade e região que já são belíssimas (bosques, parques, prédios das embaixadas, pequenas vielas super mimosas, locais trendy e com um ar caseiro....), com neve, coisa que nem sempre ocorre, deve ser encantadoramente poético. Mas é uma cidade boa para o frio, sem dúvidas. (e a única da Argentina em que DE FATO há mais estrutura de calefação e de aquecedores na rua... mesmo sem ser 100% e claro, sem considerarmos as regiões pobres lá no extremo Sul - justo onde é mais frio e úmido das pencas!.)
Pensar em coisas bonitas sempre alegra e dá gostinho, e é bom ver o orgulho que as pessoas daqui tem das suas próprias coisas e da sua própria terra, por isso tentam não somente valorizá-la e apresentá-la com gosto, mas especialmente cuidar muito e lutar por ela...mesmo que nem sempre dê lá muito certo. (visto toda a divisão sobre o 'apoio' e 'desapoio' para a presidente Cristina - argh - mas de todo modo, a visão é sempre em busca do melhor num geral para a cidade e o país, isso que é interessante.. o conceito.

*vale mencionar que agora a noite, nessa friaca danada, a galera que fez Cacerolazo aqui na Zona Norte na semana passada se reuniu lá na Plaza de Mayo para seguir protestando contra a corrupção do governo, a inflação e a insegurança..
três pontos que realmente estão terríveis. Chego a me comover tremendamente e a realmente querer fazer algo, seriously. O complicado de quando você é de um país que atualmente é o hype e está absurdamente forte, é que ok, te recebem com carinho e admiração, mas você só tem acesso aos lugares porque eles estão se espatifando por dentro....e ai bote-se no lugar deles, é consideravelmente angustiante e desgostoso. Meio que ser brasileiro, atualmente, em outros países..é como ser o Estadounidense nos anos 70 e 80.
Btw, a corrupção nem é só pela sacanagem toda dos julgamentos de políticos e grandes salafrários que foram revelados, mas da própria enganação ideológica do governo atual que se baseia em um populismo paternal nocivo e destruidor para o país, removendo a palavra que andam repetindo loucamente em suas bandeiras: "La Libertad Argentina"
Vale lembrar que semana passada, com o Cacerolazo, o Jornal "O Globo" captou um momento muito interessante e demonstrou bem a divisão que está aqui...
achei incrível, e milagrosa - considerando o jornalismo de massa atual - , a capacidade sensível do repórter ao registrar um momento que dizia tantas nuances, e o conhecimento para descrevê-las com tanta propriedade...
O incidente foi:
No meio do cacerolazo lá na Av.Santa Fé com a Callao (plena Recoleta, ou seja, aqui..na Zona Norte) um moço de 30 anos chegou em uma senhorinha e lhe disse: "Por que o Cacerolazo? Pela primeira vez tenho um salário digno." A senhorinha diz: "Digno? Diga-me.. *aponta para a cidade* o que há de digno nisso tudo?"
Curiosamente, a Zona Norte, que é a chamada "Zona Rica" fez um barulho constante por dois dias, enquanto a Villa 21, bairro mais pobre da C.A.B.A, extremo Sul, estava em silêncio pleno.
Muitos criticaram o movimento organizado dizendo "Ah, burguês protesta com as panelas que seu empregado acaba de lavar" levando a coisa até a ser polêmica, e mostrar a divisão que está um país que não sabe mais se luta por algo coerente, ou se mantém um "bem estar social artificial".


Infelizmente, e eu fico bem chateada com isso, ser de classe média, ou classe A, não te permite ser de universidade pública, nem protestar, nem ser socialista, nem ser de direita, nem ser coisa alguma, pois você é favorecido. Mas será que, justamente, e em analogia (senão sinônimo) ao nosso inspirador político que é a Grécia, não seriam os "Patrícios" os 'aptos' para pensar por todos aqueles que tudo o que conseguem ser é uma luta diária para subsistir e totalmente marginalizados por sua própria ignorância e condição? É complicado, mas muitos deles talvez nem tenham sequer TEMPO de ter consciência de fato do que acontece, e se rola um dado paternalismo barato de alguém que sempre se disse do Sul (por ser nascida ali), e socialista, mas que vira as costas declaradamente pra qualquer coisa (em contrapartida ao próprio marido, que de clara direita, mesmo ter vindo de origem pobre, esteve à favor do andamento REAL e GERAL da nação), acaba sendo mais prático, rápido e fácil de agarrar....e acaba sendo heróico. O problema é pra quem percebe isso, e se critica, é criticado pela massa, pois realmente não conseguem captar a quantidade de gamas e nuances que estão sendo questionadas, peleadas e criticadas.
Não seriam justamente eles, os tais "burgueses" com favorecimento e acesso a tudo, por ter melhor acesso aos causos financeiros, melhor educação, e melhor condição de vida, que podem muito bem dedicar de sua vida e consciência contra "palavras tendenciosas" que mobilizam fácil justo aqueles que precisam se basear no mais imediato? Basta ver que é realmente a classe ativa em maior parte das grandes profissões pesadas, até mesmo sindicais, então é ÓBVIO que para exercê-la segue um poço enorme de conhecimento, consciência e prática. Não seriam eles talvez, não em total, mas em boa parte também, junto de tantos outros lutadores que saem de condições 'menos fáceis', poder brigar por coisas reais, legítimas e honestas em favor de um contexto geral que favorece mais aos ciclicamente ferrados do que a eles mesmos, os 'estáveis'?
Não. Pois ainda ser "elite" significa ser alienado.
Não que não exista, mas há de tudo em todos os pontos, e é realmente DE DOER esse tipo de "taxação".
E me recordo com pequena tristeza a desvalorização que está rolando no Brasil aos movimentos das universidades federais (GRAVÍSSIMA), e ao problema da USP ano passado tão grosseiramente comentado pela mídia e sua sociedade (uma instituição que apesar dos problemas ainda dá tanto orgulho e prestígio ao país, que tem gente brilhante, nada valorizada, no meio de muitos que estão ali para nada também, e que tem questões tão delicadas e internas que só os integrantes dessa constituição toda, estudantes e funcionários, tem condição de questionar, pontualizar e resolver), as críticas que faziam para a Marta Suplicy - que fez, sim um governo péssimo, mas um dos mais produtivos e frutíferos nas condições sociais e econômicas da cidade ao investir em real melhora da condição de vida das periferias, e oh, pasmem, realmente funcionou e AJUDOU sistemas como o tãão comentado sistema de saúde e o educacional, sem falar no econômico que vira consequência e permite, vejam só, melhor caixa para trabalhos seguintes - e tantas outras ignorâncias e desapoios populares que ocorrem justo nesse tipo de coisa só por sua maioria ser de classe alta, ou por isso, ou por aquilo, e velhos ressentimentos.
Ressentimento é uma porcaria que eu detesto, e que simplesmente, destrói uma pessoa, e pessoas. Assim, simples mesmo.
Compreensível até é, mas é uma muleta desgraçada. Se tem algo que estraga tudo entre as pessoas, é esse tal de ressentimento.*

Bom..
Logo mais receberei remessinha com coisinhas quentinhas que eu não trouxe... (boba que fez cálculos errados sobre o clima..e também sobre quando retornaria) e também poderei adquirir um casaquinho novo e quiçá mais algum outro item! :D
ai..novamente..peregrinação. HAHAHA
Ai trago novidades ;D
(quero muuuuuuuuuuuuito aquela clochêzinha de Angorá, de uma cor creminha-cru lindissima e fofa demais..
mas ainda a achei um pouco "too much" em seu preço.. u.u
rs)

Btw, amanhã visitinha do Di aqui em casa!
Café com bolo, altos papinhos e averiguar umas coisas importantes, fazer umas visitações, etc..e sábado passaremos o dia juntos..faremos shots dos looks (aka. resultado da 1a consultoria), quiçá teremos passeio depois, mas durante a noite temos o birth do meu primo e seguido do Di dormir em casa! :) nhum!
Serão dias gostosos! Eu realmente espero.. :)

Bisous geladinhos!


segunda-feira, 4 de junho de 2012

Friozinho...

Hoje é dia de me dar pequeninos prazeres, por conta do frio..
pequenos relaxes para o corpo, e sensações, especialmente, de conforto...

Pintar as unhas, degustar da mais gostosa mesa de chá, e o próprio em si, que eu possa fazer (No more aquele chá que compramos, viu Gabe? aquele negócio me deu um baita barato e você viu xD lol - caros leitores, não se assustem, não se preocupem, não chamem minha mãe, a polícia, o hospital, ou o que seja.....explico-lhes: o tal chá, de herbáceos chineses, tem parece função relaxante e refrescante..acontece que eu fiquei com um SONO ENDIABRADO e praticamente dormi enquanto conversava com o Gabriel. Sintam o drama. Mas o Gabe tomou também e ficou normal, possivelmente era só sono meu acumulado mesmo xD), um bom banho quente...e minha boa caminha.

Esse tema me fez recordar que queria postar (já faz tempo) sobre minhas queridas cobertas e sobre o meu chuveiro (acreditem se quiser, rs mas vocês entenderão quando eu escrever)
Mas antes comento sobre as unhas.

Algo que me apaixona muito aqui em BsAs é ter um acesso tão grande para todas as coleções possíveis da Sally Hansen, Revlon, Rimmel, Emolan (marca daqui, bem popular pelas cosmetiqueiras, inclusive brasileiras), Maybelline, etc etc etc, em esmaltes (nem se diga coisas como OPI, Essie, etcs, e outros cosméticos em si).
Os porteños, tem uma cultura cosmética muito grande..mas infelizmente por todo o problema de crise (que não está nada pequeno), esses certos "luxinhos" ficaram mais modestos e esporádicos (até mesmo para os que são mais beneficiados e tem mais poder aquisitivo, como o pessoal aqui da Zona Norte)
Bom, creio que comentei com vocês na outra post, mas acontece que eu sou realmente muito mongol (remova essa parte) "esqueci" de trazer lá de casa meu combo (aka: uma gaveta) de esmaltes, e mesmo tendo esse acesso adorável aos esmaltes aqui...eu não consigo entender e me conformar direito com o preço dos produtos mesmo que (ao fazer conversão) no fim saiam mais baratos que no Brasil. Não mais, eles pesam um cadiiiiicodiinho (considerando que coisas fundamentais para a vivenda, como supermercado, estão assombrosamente super faturadas, a mensalidade fica bem mais curta e acaba que, bizarramente, faz diferença. Isso porque sou brasileira, tenho como me dar luxinhos e curtir e não sentir tanto peso, mas sintam como tá a vida para quem é daqui..mesmo o classe média. :(. Mas é importante ser ponderado, afinal não estou de turismo..vivo aqui, então temos de dar foco e ficar atentos, e sempre ter margem de seguro pra aspectos mais vitais...
mas eu realmente me considero uma pessoa bem afortunada aqui e com bons luxinhos, minha sorte é que sou repetitiva - café, passeios mais visuais, pequeninas comprinhas.. - e caseira, então realmente me dedico mais aos prazeres, coisinhas e cuidados com a casa e conforto com a casa..)
Sei que em março eu estava super-ultra-básica e realmente dispensei, na duranga, trazer minhas coisinhas..até mesmo essas pequenices essenciais como alicate, espatula e esmaltes clarinhos (escuros, que eu sinto TAAANTA falta de poder usar, sejam eles azuis ou preto mesmo. Infelizmente, realmente só posso em alguma ocasião, dammit alergia). Não mais, eu estava restrita à minha ordem médica (pela alergia) e deveria evitar o uso das tais coisas (esmaltes), e viver especialmente de tons claros (se usasse), me mantendo em um feel mais básico ainda (e com a correria, estive surpreendentemente sem tempo e desatenta com as mãos e demorei pra poder retomar isso). Poois bem, somado que toda vez que levei itens de manicure quando viajava (muitas vezes o kit basiquinho de retoque e manutenção para qualquer coisa) e que o aeroporto tomava elas de mim  [ :( vê se pode ] tasquei um "MEH" gigante e falei: COMPRO LÁ.


Aham.



Cheguei aqui com um colega esmaltinho bonito, discreto, delicado e coringa. Mas comecei a ficar deprê ao olhar o pobre e solitário vidrinho.
Já faz tempo andei comprando esmaltes da própria Farmacity, e por sinal, SÃO MUITO BONS e tem CORES PRA CARAMBA, e estes começaram a dar companhia para o meu Rosé da Colorama tão coringuinha.
Mas ontem resolvi me mimar, já que estou com caixa positivissima esse mês ( :D) e visto que a gôndola da Revlon tava praticamente esgotadinha, e as cores da Cutex eram poucas e nenhuma me atraiu de fato (a Cutex é uma famosa e consolidadíssima marca americana, ícone da beleza de mãos no mundo ocidental, e é até que consideravelmente barata aqui na Argentina), busquei busquei e busquei uma cor que me satisfizesse e peguei o no.84 da Emolan :)
Posso considerar que é, verdadeiramente, a primeira vez que faço as unhas aqui em BsAs e as deixo bonitinhas e como queria! <3 até então, me mantive lixando-as, fazendo a manutenção de hidratação e cutícula..coisa básica e padrão mesmo, e vez ou outra quem sabe dando alguma cobertura.
Estava (e estou) atrás de um tom claro, mas ainda não encontrei um substituto perfeito para o meu querido Condessa da Risqué (que é um rosinha, quase branco, mas que apesar de TAMANHA delicadeza, tem bastante frescor e energia e o tom de rosa dela é bem alegre apesar do discreto, não mais, é natural e ótimo para o cotidiano e respeita meu lifestyle bem básico aqui, além da minha alergia! Gosto, tem certa personalidade :))).

 

Esmaltes Emolan :)

Mas bem, eis que o Emolan me atraiu pela alegria+delicadeza da cor, um rosinha (magina que sou suspeita com o rosa, MAGINA) cremoso super fofinho e beeem candy, pastelzinho total (e adoro isso! dá um up bonitinho!). Tem um sutil fundinho lilás, realmente é cor de bala. (uso muito corais, rosas antigos, queimados, vibrantes, etc etc mas rosinha claro anda me conquistando muito muito e é realmente a minha vibe atual, e a vibe mais forte dos meus últimos tempos com o rosa...ao máximo realmente fico nos tons florais meio acoralados ou antigos..)


Meu esmaltinho :)

Não é nada muito original (tenho muito mais variações e até um tom parecido com esse lá na gavetona), mas fiquei muito feliz com a compra (queria um mimo bacana assim e uma cor legal do tipo) e além de tudo o vidrinho é uma belezura! (me encantou!)
O pincel é o que mais gosto, muito macio e cobre bem toda a unha sem borrar..o que ajuda muito quando se trata de mãos pequeninas como as minhas :) [mãozinhas de criança mesmo, não mais, unhas profundas, longas e pequenas fazendo jus à mão... a parte da limpeza das beiradas é sempre a que mais me custa, e as vezes - dependendo da manicure - pode até machucar.. além da baita preguiça de limpar essa parte haha!]

Recomendo :) quem quiser um bom esmalte, com cores simpáticas, bom acabamento, fácil de usar e que tem boa variedade de cores (e até umas bem conhecidas, pras mais básicas ou pras que tem medo de errar) VOILÁ :) a marquinha argentina é ótima!
Ah sim, testei uns makeups também, e são ótemos! Precinho bom também. Ela e Maybelline são justíssimas! (mas ainda sou mais fã da Maybel <3 - sou uma eterna Maybelline Girl haha)

Pra post nao ficar gigante, passarei a continuação da história em outras duas posts a seguir! :))

Bisous!

domingo, 27 de maio de 2012

The Fashion Day!

Oh La La! No rest for FASHION!

#RarityApproves




Tava devendo fazer uma post sobre o Fashion Day que tive com o Di :)
há dias isto está escrito mas me faltou certo tempo e disposição para montar a postagem.
Pois bem, cá está! :D
(e coitado, tá todo na ansiedade pra ver isso aqui..! rs
desculpas pelo atraso, Di e D)
btw, não foi falta de criatividade pra escrever, desenhar, e cias (to com ela TRANSBORDANTE até, haja ânimos e I-DE-AAAAAAAAA#rarityfeels). Por algum motivo me senti muito cansada, e acho que isso se deve há TANTOS dias only bedness (sim, com E) por causa do resfriado T-T'

Primeiramente preciso dizer que estou IMENSAMENTE feliz.
Poucas vezes me senti tão grata e tão emocionada pela aplicação e carinho de alguém. De verdade.

O Di é ótimo. Aprende rápido, é atento e bastante interessado, valoriza muuuito o que eu tenho a dizer - sempre - e principalmente, se diverte muito com a coisa, que ao fim de tudo é o mais importante.
Para mim, e para a moda, não tem qualquer sentido se não houver diversão e amor.
Que menino aplicado, tão novo mas com um espírito tão animado e cheio de carinho e personalidade. É uma pessoa queridíssima e incrivelmente especial, que não somente enriqueceu minha estadia aqui em BsAs mas, certamente, se tornou um amigo querido que eu quero cultivar e cuidar para sempre, pois é o mínimo que ele merece por toda a gentileza, doçura e alegrias que ele me traz. É realmente uma pessoa muito especial, e que até aqui, só mostrou alegria e gosto de estar comigo, e de tudo que me relaciona.
Saiba que é recíproco meu querido :)
(Obrigada pelo carinho, de verdade <3 fico realmente impressionada em como você gosta de tudo o que eu falo\faço e dá super atenção e importância, e como quer mega aprender. Me sinto muito especial e grandiosa mesmo sabendo que tá longe de ser perfeito ou qualquer coisa com mérito de 'ensinar' alguém, mas que bom que inspiro, ajudo e agrado..de verdade <3 É impressionante como você admira e fica contente, vou ficar mal acostumada com tantos elogios, mimos e atenção que você me solta haha!
Eu espero que isso, e qualquer uma das coisas que você acaba recebendo e se encantando, realmente sirvam de alguma forma, e que você se sinta mais feliz e com mais bem estar.
É muito gratificante receber esse carinho e valor, e mais ainda, proporcionar algo tão bom e especial à alguém. Só tenho, realmente, a agradecer pelo carinho <3) 
Estou bem satisfeita de ter dado certo  nessa empreitada de "consultora" hahaha e na realidade nunca imaginei começar justo com um rapaz. Realmente pensava ser bem mais provável começar com alguém do sexo feminino. (e mil beijos ao Arlindo Grund e Clinton Kelly que, de determinada forma, me ensinaram a criar uma grande fusão entre moda feminina-masculina para realizar consultoria do sexo oposto, ainda mais se for fora de costume fazê-lo. Aprender lições básicas ajudam muitíssimo, e acho que sempre fui muito afortunada nisso.)
Ok que acabei me recordando que já ajudei e orientei algumas amigas e tal, inclusive em tempos beeeeeeeeem distantes quando eu nem tinha tanta consciência da minha ligação com a moda, mas ok, isso não era algo tããão considerável assim ;p
(Adorava a confiança que me ofereciam ao trazer um item para eu dar um "up" ou vir me consultar pra saber se o look estava legal,,e mais ainda ao permitirem que eu planejasse todo o look.
Ao notar que algo poderia ser bem melhor, seja para uma festa ou o que fosse, costumava me oferecer prontamente, e com a maior alegria desse mundo, à resolver o caso e montar os looks todos, pensando em cada mínimo detalhe e torná-los fantásticos. Considerava todos seus anseios, estilos próprios - físicos e de moda - e seus armários, e voilá, vamos criar.
Era divertido, e meu lado criativo ficava exaltado ao tentar fazer algo lindo e que correspondesse à essencia de cada uma, mas dava um trabalhããão...especialmente porque diversas vezes surgiam pedidos bem difíceis de aplicar (serem coerentes) no meio do caminho e eu tinha - e QUERIA - atendê-los e no melhor nível que pudessem ser. Isso me levava à mudar os planos de look umas quantas vezes, e sempre lutando para dar tudo certo e sem nenhum desastre, haha, mas tudo para fazê-las felizes <3 a sensação era única! *nem preciso dizer que eu terminava EXAUSTA e não terminava O MEU look, né?XD*
Isso me retoma também que, muitas vezes, minhas produções, looks e idéias eram bem apreciadas ou 'diferentes' do geral em diversas ocasiões, e me recordo com muito carinho dos elogios. Mas mais do que tudo, lembro da minha primeira consultora..que foi minha mãe, que sempre conseguiu me ensinar com todo seu empirismo e bom senso geniais, tantas coisas sobre harmonia, beleza e valorizar meu próprio aspecto. Isso tudo sempre trouxe muitos frutos, elogios incríveis..e ela mesma, até hoje, é uma pessoa que arranca suspiros e admiração, já não suficiente sua incrível generosidade e forma carinhosa e tão sociável de ser.
Acaba sendo uma grande inspiração pra mim).

Mas o dar certo, mais do que pra mim imediatamente, foi por ele ter conseguido, por si mesmo, realizar um incrível trabalho. :) a minha felicidade de ter dado certo na aventura de "consultora" é pequenina frente a isso.
Enfim, foi uma experiência muito interessante, gratificante, nova e divertida :))
Aliás..realmente, gratificante. (é muito especial quando alguém realmente curte e valoriza o que você faz e sai feliz com o que ouviu, aprendeu, ou simplesmente viu. E mais que tudo, te oferece tanta confiança, com tanta abertura e sinceridade. É muito, mas muito carinho mesmo.)


COMO TUDO COMEÇOU?

Na semana de provas, o Di havia me falado que estava mudando seu estilo e que estava aderindo uma personalidade e um visual mais rocker e 'menos colorido' #RestartNonRelated, mas que ainda estava um pouco perdido, andando num algo entre impulso e incerteza. (e se implementando loucamente de preto e skulls infinitas e LINDÍSSIMAS, hahaha - logo logo ele vai me levar pra conhecer esse reino rocker e que tem essas belezinhas nada baratas <3 - ele tem muito bom gosto pros ícones rock'n roll, admito com orgulho.)
Ao chegar em casa, fiquei pensando sobre a interrogação que o Di estava enfrentando, e tive a idéia de ajudá-lo. Havia dado por mim que em certo momento do dia, sem querer, passei a explicar pra ele sobre certos looks que víamos na rua (Na verdade eram nossas amigas Ana e Hellen que o viam, ai eu aproveitava e comentava sobre o look. Com isso ele conseguia soltar a sua própria opinião também, o que achei MUITO positivo, e vi que ele ficava animado com a coisa), e cogitei que...quem sabe fazendo um processo de consultoria, não conseguiria orientá-lo melhor e também oferecer uma luz e idéias de como compor esse visual tão novo, e tão querido para ele.
Se não desse certo, pelo menos seria um passeio divertido :)
Não que eu exatamente fosse alguém com qualquer moral pra ensinar algo e tal, longe disso xD, mas busquei poder oferecer o máximo do meu conhecimento na área, me baseando um pouco também nos elogios que já recebi à respeito do tema, e na minha paixão e habilidade pra coisa.. (que sempre se expressava por meio de desenhos, recortes, produções, makeup.. e até mesmo o próprio cosplay que me ajudou a desenvolver muito cada um desses aspectos - já que é uma interpretação - e me agregou conhecimentos de corte&costura, me levando a ir além de apenas minha habilidade artística nas artes visuais e plásticas)

Pedi imagens de looks que ele gostou (e pra minha surpresa, ele possuia uma PASTA com váárias fotos, e de forma muito querida me mandou um e-mail entitulado "Looks Preferidos" com CINQUENTA fotos!! - tá de PARABÉNS pelo exercício! <3  recomendo a todos, eu mesma tenho a minha com incontáveis imagens e notas, e já a tenho há bons anos! Ajudou MUITO pra descobrir e desenvolver a noção do meu próprio estilo, além da própria prática\treinamento em si :D) para entender melhor qual era a linha que o agradava e perceber mais sua linha de estilo natural.


Alguns dos visuais eram estes aqui, todos muito bonitos e bem estilosos!;D


     

 


Achei de bom gosto. São muito charmosos, e bem divertidos também. Tem um quê de rockabilly e militar, então acaba tendo um tanto de ousadia e um algo descolado e informal também. Moderno e relativamente dramático.
Curiosamente, meu estilo rocker funciona do mesmo jeito, um mix de aristocrático com militar, só que com o adendo de ter também toques românticos, fazendo contraste com as estruturas fortes.



Mas mais do que apenas ver as fotos, procurei considerar o seu sonho, o que enchia sua imaginação e seus olhos, e qual era a essência que o buscava e que ele queria ser. E isso tudo, certamente, é mais complexo e delicado, envolve conhecê-lo como pessoa, sua história, suas referências...
Captei a essência de todas as imagens, dos looks que ele já usava até então (mesmo sem ser rocker, peguei os elementos que já usava como, por exemplo, camisa sobre camiseta, abotinados, xadrez e bolsas transversais), estabeleci com clareza a linhagem que ele possui, e voilá, VAMOS AO TRABALHO!Porque eu tava MEGA animada! hahaha



WORKDAY
*Continue Lendo!:D clique abaixo!*

quinta-feira, 24 de maio de 2012

BEM POR AI!!xD

True Story...Bro.
History of my life.


O som do despertador, mesmo que estejamos acordados, é tão desmotivador. LOL

Agradecimentos ao Gabe pela pic.

E hoje eu to uma máquina de posts hein..caramba.
Resolvi fazer logo tudo o que tava acumulado PLUS o que surgiu hoje.

Depois vai faltar post e vai acontecer tudo de novo..! -not
xD

Bisous!



Other Fashion Wishes...

e SPIKES..mais uma vez, rsrsrs

Não Spike, não é de você que estou falando. Sorry.


Amo completamente luvas de couro...
mas com SPIKES foi jogo sujíssimo, hahahaha
Muito estilosa e realmente linda. Luva é um item que uso bastante e aprecio muito, e faz um bom tempo quero uma de couro já que a minha última, infelizmente, foi roubada. :,(
E bem..essa lindinha me parece atender bem ao desejo e também às necessidades que tenho quanto manuseio, leveza e versatilidade pra usar. Gosto dela ser bem ajustadinha assim, esse ar mais soft e clean, e ao mesmo tempo ultraestilosa. Realmente, me encantou..!





Essa linda luvinha faz par com uma outra bolsa magnífica, ambas da Zara.
:)
estilosíssimas, adorei ambas.




(To sabendo que ela, ai no Brasil, tá fazendo FUROR. Não está muito cara, se bem me lembro custa R$130, e a bolsa R$199, acho que são bons preços visto que é da Zara e que hoje algo "sem grife" não está muito mais barato do que isso, tem que saber discernir o momento do caro e barato e o famoso custo X benefício.
Bom, ambas estão esgotando feito água no deserto! Se vocês ai no Brasil querem uma, bora correr! :D)


Bisous!



Studded Loafers


Desde criança eu gosto das Loafers\Sleepers\Mocassins. (rs)
Creio que foi a única coisa dos anos 90, em estética, que eu realmente apreciei. (isso porque sou nascida nos 90, teoricamente eu deveria ter sido bem marcada por aquilo, mas não, não gostei, a dos 2000 menos ainda. HAHAHA, já de 2010 - before...<3)
E quem bem me conhece, sabe que justo o meu "Utena Feels" (ah vá) só me favorece à gostar desses shapes (oxfords, sleepers, montadoras..etc. E mesmo sendo "masculino" acho que são, e ficam, até que bem femininos xD)
Mas logo assim que desapareceu a alta do sapatinho, os modelos ficaram insossos, rígidos, e com um ar de desgaste e envelhecimento, não tinham mais aquele ar tão leve e cheio de simpatia.
(e com ele, sumiram tantos outros modelos que passaram a renascer como as LINDAS espadrilhas)

Pois bem, nesse ano as Sleepers voltaram com tudo e um dos modelos que mais me conquistaram, sem sombra de dúvida, foram os Studded (vulgo: Tachadinhos, com spikes :))).
Gostei muito de todas as versões glitter e aveludadas (camurça). Surgiram cores, acabamentos, detalhes lindos além da própria textura em si, mas a studded me cativa porque pode misturar tudo isso e mantém um ar rocker ao mesmo tempo bem pesado, e ao mesmo tempo leve e até clássico, respeitando ambos conceitos e sendo muito mais versátil do que parece. Gosto da combinação dos conceitos, e juntamente das sapatilhas, que à princípio eu não gostava, realmente brotou um combo de criatividade e BELEZA. Nada como idéias com bom senso, e que funcionam. (hoje, renasci com as sleepers, e virei uma boa amiga e usuária das sapatilhas. <3). Criatividade já tivemos aos montes mas, surgiu cada bizarrice D8

Bom, um modelo em especial que eu estou namorando bastante, tinha - justamente - que ser do ilustríssimo e magno Louboutin.
Belíssimo sem qualquer dúvida, como basicamente TUDO que Louboutin produz.


Sério, gente. O QUE EU FAÇO?!?!!? MAGINA que EU amei justo isso né?
(e acho que o Di também vai gostar!xD)
Tá que são masculinos..mas..hmm..né xD
A clássica e famosa sola


Simplesmente SENSACIONAL. Os loafers da Louboutin são bem conhecidos por serem completamente fantásticos, e não há qualquer dúvida. Bem vanguarda, um quê dramático, e totalmente singulares.
Mas os meus favoritos são os college inspired, e que tem essa mescla dos studs junto (os rolling spiles também gosto, mas por algum motivo nunca me agradam muito as tachas redondas)

A marca registrada ficou respeitadíssima ao ter a borda vermelha.
(dik: ESSE é um legítimo vermelho.
Digo e repito: VERMELHO não é uma cor VIBRANTE, é uma cor FORTE.
Se for vibrante, ou ele tem um quê alaranjado - o que ocorre maior parte das vezes - ou rosado. Para conferir basta por um objeto ou tecido de cor laranja ou rosa e ver se ele fica harmonioso, se você sentir que há realmente distinção ocular no contraste, ai é o vermelho. :)
O vermelho em si tem de ser beem pigmentado pra que seja marcante, se os olhos ficarem atraídos pela "luminosidade" da cor, pelo "brilho" certamente não é um vermelho verdadeiro.
O vermelho não pode ser saturado, jamais.)
Já as listras preto e branco mantém um ar clássico e ao mesmo tempo até psicodélico, uma coisa meio 'noisy' vintage, rs, o que dá a idéia mais rocker e tal (além do próprio preto e branco). No caso do sleeper-oxfordzado-megafeminino-do-amor ele tem textura de pêlos e gosto das linhas serem em "V".
Ah, e claro, os spikes no primeiro modelo pra dar o toque final perfeito.
Engraçado que a combinação listra e vermelho é algo clássico no rocker, e clássico na moda em si (é uma das combinações tipicamente britânicas e das mais favoritas, além do xadrez. Então é esse ar urbano e ao mesmo tempo formal também. <3)
A cor predominante nele, claro, é o branco (mantendo novamente o ar clássico que é da própria linha de base do sleeper) e é evidenciada com esse brilho delicado do prateado do spike.
A composição dos conceitos é perfeita, e é extremamente versátil por conta. Dá pra ir desde algo bem delicado ou suave, até algo bem dramático, seja ele pela linha do rocker, do clássico ou do psycho, além de poder combinar de diversas formas, e permitir diversas combinações de look, com esses tons todos e acabamentos (aveludado, envernizado e metalizado).
Divertido, e lindo! Muito moderno, e criativo-ivo-ivo-ivo. :)
É muito legal você ver uma junção tão precisa de shapes teoricamente distintos e imiscíveis. Nada como realmente o cuidado com os detalhes e um uso arrojado e inteligente. Você nota a excelência e qualidade de algo, independente do preço em si ou marcas e etc, por essa atenção e distinção nos detalhes para realizar uma composição. This is FASHION, nena!#BuddyValastroFeels

Deixo abaixo outros modelos de loafers do Louboutin e que estou MEGA namorando também (mas não são tão "studded" assim, exceto o preto - que também é masculino xD. Então digamos que são meus loafers\oxford feelings favoritos non-studdeds)


Em verniz, e em couro "fosco" :D modelo lindo, charmosíssimo e beeeeem elegante! Pra valorizar qualquer rapaz com muito estilo e sofisticação :D



 

Estou A-PAI-XO-NA-DA! Esse é um La Belle Époque (e para nossa tristeza custa algo em torno de 2900 DÓLARES T-T)
Simplesmente LIN-DO! Fabuloso!
Essa ponteira em verniz é um máximo (sem contar a própria camurça e o tom em si. Uma delícia de texturas e acabamentos esse sapatinho <3)
FANTÁSTICO!
Como não ser um item desejo né?! :D

Tem em preto também! :D e spikes de tom acobreado\ouro-rosado. Muito bonito! (gosto especialmente dos spikes, mas o contraste de texturas e a beleza de tons se perde um pouco..)




e deixo aqui algo que eu bem acredito: O rocker pode ser tão clássico e tão profissional\formal quanto qualquer outro look, e na verdade, tende a sê-lo mesmo, pois é baseado em todos os seus shapes só que brincando com texturas e detalhes que dêem mais arrojo, quiçá até mesmo peso, mas um bom rocker é clean, alinhado e indubitavelmente estiloso. Tem uma sofisticação bem única e especial, e muita personalidade. Encantador e interessante..!



(E o que tudo isso tem a ver com Baires?


É que nao existe um ar mais rocker do que Baires.
:)


E é visível nessa mescla de clássico com um fortíssimo, e até pesado, urbano.


Sem falar que..né..italianos...
santo sangue pra ser anarquista, e arrojado...


Mais do que eles, só os alemães.
rsrs)




Bisous!



O dia de hoje por causa do dia de amanhã..

Amanhã é um dos feriados mais importantes aqui em Baires.
(Feriado de 25 de Maio: Revolução de Maio ou Dia del Primer Gobierno Patrio)

Os argentinos gostam de feriado tanto quanto os brasileiros (e COMO gostam, caramba! rsrs), e não suficiente amanhã ser sexta, temos também o jogo do Vélez x Santos. Vai ser uma sexta feira DAQUELAS,  sem sombra de dúvida. Muita loucura, cidade intensa, todos saindo, viajando...indo curtir.
E bem, isso resultou em uma quinta feira em que todos correram para matar todos os compromissos, deveres, pepinos e coisas atrasadas..pois senão, sóó depois do feriado xD (e bem, ninguém quer carregar nada pra depois do feriado....preferencialmente, que estejam munidos e tudo ok, pra curtir o feriadinho amado)

É.
e isso me resultou em um dia corrido, pois todos resolveram cair de uma só vez comigo. rsrs
Passei o dia recebendo pessoas de todos os tipos de tema, resolvendo inúmeros assuntos, vendo cifras inúmeras, deveres, próximos compromissos.. tudo com muita mas muita intensidade e grande importância. Não sentia isso desde a época da escola, hahaha

Estou cansada, com hastio. Não foi lá um dia muito simpático, foi muito rápido, forte e até angustiante (sufocante quando você se sente meio invadido, resolve tudo, vai limpando e limpando, e fica aquele vazio meio detonado que RECÉM passa a poder processar tudo o que aconteceu..)

Mas agora ta tudo bem. Go descansar justamente, e aproveitar o feriado pra estudar bastante.... :))

Bem vindo...fim de tarde porteño! Dia cumprido! :))


Bisous!




I WANT TO BREAK FREE!

Eu estava aqui sossegada em casa, e repentinamente, em um magnífico e alto bom som, simplesmente a voz mais maravilhosa, rica, e intensa que esse mundo já conheceu, começou a cantar ALTÍSSIMO lá na rua...

Alguém botou Queen, e deixou tocando.

Para a minha alegria, o som não parou.

Isso me relembra que, quando fiz mercado pela primeira vez aqui em Baires, com a minha mãe, ficou tocando uma coletânia de Queen como música de fundo, e isso por umas 2h30min seguidas. O mais lindo era ver várias pessoas e funcionários no mercado cantarolando as músicas também, e muitos com bastante emoção.
Cena de propaganda. Incrível. Fantástico.

:)

Obrigada, Freddie..! essa emoção que você nos dá é algo..único e indescritível. Não tem nada igual.

Bisous


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Cold..Again

Pois bem...
mordo (e muito) minha língua sobre o relato de ontem.
Hoje o frio está implacável e imperdoável. HAHAHAHA
(só porque eu falei né..ê caramba! rsrsrs)

Já esteve mais frio, mas agora está, digamos, mais "incômodo". Vento com chuvisco bem gelado, daqueles que gruda na pele e ao mesmo tempo se mescla com um gênero de calor suado, argh.
Então, realmente, uma sensação muito desconfortável. Mas o pisar no lar se torna pelo menos umas 400x mais gostoso <3 dá um alivio..um conforto..sensação de descanso incrível.

Mas sem dúvida, esse chuvisco, esse céu escuro, e essa sensação mais fria, nos provoca ficar afofados e quentinhos, totalmente aconchegados, nas nossas camas, com algo bom e quente de se comer, meinhas.. e voilá.

Pois bem, hora de curtir o meu.
Tive um dia friozinho, mas muito satisfatório de tão produtivo. <3 1000kg mais leve de sossego e missão cumprida. Estou feliz. :)
(e mesmo tendo dormido e comido nada, acordei sentindo que seria bom, tinha bom humor. Regra infalível).
Beijos pro Di que fez mega companhia nessa correria e saga toda que enfrentamos hoje desde cedo!

Agora..descanso, os pés também pedem (aiaiaiaiai dor.)


domingo, 20 de maio de 2012

Cold

Frio.
Aqui está frio.
Vejo o pessoal (especialmente de SP) dizendo nas redes sociais que lá também está frio (e muuuuito frio)
Mas eu não sinto frio nenhum.
NE-NHUM.
Engraçado porque me sinto em um universo totalmente paralelo quando vejo as reclamações do frio. LOL (esse fim de semana foi doido, depois de uma semana que estava com o maior Sampa Feelings, parei em um fim de semana em que me senti numa realidade 100% paralela... vai entender!rs)
Teoricamente\tecnicamente, estar em Buenos Aires deveria me faz sentir e passar um frio um tanto mais forte, mas por algum motivo tão desconhecido quanto eu ter tempo, não sinto frio algum (pelo menos, não esse FRIIIO MONSTRUOOOSO E POLAAAR que todos comentam, e aqui não parece estar desse modo, mesmo com uma baita chuva, vento e uma temperatura que indica estar inferior à SP.
Engraçado que, o clima costuma ser bem parecido entre as duas cidades e a temperatura e sensação térmica costuma bater, então realmente acabo estranhando o sofrimento gelado que andam comentando, não estamos comparando cidades com climas muito distintos então que sofrem de forma diferente com o clima - um canadense, por exemplo, vai se sentir no VERÃO haha).

Obviamente, também não sinto calor. rsrsrs (acho que ainda estou bem..)
E durante a noite, pelo menos, dá pra sentir o frio vir um pouquiinho mais forte. (Durante o dia estamos vivendo com 14 até 16,6 graus no máximo. Noite e madrugada tende entre 11 e 8 graus.
As semanas anteriores teve efeitos mais duros...coisas entre 11 e 5 graus..etcs.)

Ou BsAs está mais quente (de algum modo não-relacionado com termômetros), ou eu acostumei.
(incrivelmente me vejo usando roupas idens a dos porteños - um short ou jeans, camiseta ou regata e um casaquinho para quando baixar um pouco a temperatura -, e sobrevivendo bem com uma meia e um edredom, clima de outono normal)

Talvez, o fato de eu já ter passado frios mais pesados por aqui (que olha, foram duros. O próprio porteño estranhou e agora fica sempre alerta dizendo: "quando será a próxima vez que virá esse frio bizarro e aleatório seguido de semana de sol?"), tenha me calejado.
E SE acostumei,
certamente derreterei feito picolé quando voltar. HAHAHA







Vish!

Bom, só sei que está chovendo pencas. E eu espero que pare, pois preciso fazer coisas desde amanhã cedo, e acabo de me recuperar de um resfriado com uma velha sinusite. Uma chuva, AGORA, não seria lá muito conveniente...
eu realmente não quero uma gripe mal curada, nem voltar a ficar mal, nem sensações desconfortáveis..e menos ainda dar brecha para uma meningite, pneumo ou otite.
:D Colabora ai São Pedro, espero que você me escute desde ai do Brasil!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Era uma vez..no Laundry...

*contexto: Aqui em Baires, como bem semelhante aos seriados americanos que vemos, na maior parte dos edifícios não se tem lavanderia individual em cada apartamento, e raramente, há um laundry no edifício..levando ao uso do serviço de Laundrys pela cidade.
Aqui, em Baires, há muito desses serviços à toda esquina. O uso é bem comum e geralmente eles são de chineses - haha, tão por todo lado! - Mas por - glória mãe amada - sorte, o meu edifício possui o seu próprio Laundry no último piso, sendo de muita comodidade pois não preciso "sair de casa" pra ir até um Laundry e lavar minhas coisas - me poupando de dias de chuva, etc etc etc...


Geralmente, quando vou, ninguém aparece..costuma ser vazio e, ao máximo de companhia, tem alguma porção de roupas esquecidas.. - que costumam ser do meu vizinho de baixo, já percebi que ele vive esquecendo pois, quando nos encontramos, as ditas peças são sempre dele e ele tá lá com o saco pra retirá-las..haha!


Hoje, depois de belos dias de molho por um resfriado, resolvi botar tudo em dia...e fui lavar minhas coisas....
Levei, Lavei, Cronometrei 1 hora certinho..voltei, e botei pra secar....*


Aquele momento constrangedor em que você ERRA o timing da secadora no laundry, e quando volta, se depara com um LINDO rapaz que, por acaso, tirou suas peças da máquina...e dobrou algumas pra você.




T__________________________________________________________T"




MAGINA que eu fiquei ROXA DE TANTA VERGONHA, SURPRESA E COM AS PERNAS BAMBANDO




(My Clooothes...!!




MY PAAANTIEEEEES!!!! X______X




#PAVOR


não que tivesse algo errado com elas, não é isso, mas..né..discrição..oh..dammit.
.___. #cmofas)




De início quando vi que havia alguém, eu já cheguei me desculpando dizendo: "Ai, te atrapalhei né? Desculpa.."
Ai ele se virou pra falar comigo, e com a MAIOR NATURALIDADE e SIMPATIA DESSE MUNDO..me responde, um algo levemente envergonhado: "Que isso, atrapalhou em nada. Na verdade, olha, eu dobrei algumas coisas..bom..eu tentei na verdade, haha tá meio-meio - aka: mais ou menos - mas fiz o possível! haha, não deu pra dobrar tudo!"
Minha reação IMEDIATA, naturalmente, foi dizer: "MINHA NOSSA, QUANTA GENTILEZA! MUITISSIMO OBRIGADA, NAO PRECISAVA!" *começa a empacotar*
E pra completar..ele diz: "Ah, esse casaco aqui não secou direito..não sei se tem problema.."


E claro, eu com minha INCRÍVEL timidez, disse até em tom jocoso que foi bom não ter secado totalmente pois meu medo era que a peça ENCOLHESSE por ser de lã. - pior que é verdade xD
E ele me soltou um "Oh!" admirado, como de quem não sabia que isso poderia acontecer (e realmente, acho que ele não sabia xD)..e soltamos um riso..
Agradeci mais uma vez, me despedi e fui..um tanto quanto.....surpresa.




Foi uma situação simpática, teve de gentileza e riso...e muito natural
mas foi uma natural timidez, dos dois lados, não teve jeito.
Mas...acho que foi melhor assim,
aliás,
acho que o mais natural..........seria assim.


#AIMINHAVERGONHA T_T


Mas eu realmente NUNCA esperei passar por isso xD pois é, quem diria!


*adendo: geralmente se usa a expressão "MUY AMABLE" pra uma gentileza..
mas a do rapaz, somado da naturalidade, foi TAMANHA que não me poderia sair outra palavra senão a própria...
chegou a ser fofo.*


Eu sei que tenho 21 anos. I know it. I know...Ok... Ok.
E que com isso talvez se esperasse reações mais extrovertidas, quiçá com um quê de piada ou então cortejo, não sei...
Mas..não adianta..NÃO ADIANTA.. eu tenho 21 anos e me constranjo ainda como se tivesse...o que..11?!T_T
Eu sou PÉSSIMA pra essas situações.
Sim, tenho 21 anos e sou COMPLETAMENTE TÍMIDA\CONSTRANGIDA.


Não sei qual seria a reação natural da maioria...
haha
mas acho que, seja qual fosse a reação, algo natural seria o mais esperado..não é?
E bem, no meu caso, é essa certa timidez, essa coisa meio envergonhada. FOI NATURAL, mas vou fazer o que se eu sou tímida poxa? Isso nao tira minha personalidade e minha desenvoltura em ponto e momento algum, só vou estar com vergonha...ué. rsrsrs
A gente lida com leveza e simpatia, claro, e foi o que aconteceu...
mas são duas pessoas desconhecidas ao final, em uma lavanderia coletiva, e que repentinamente estão falando das roupas de um, e..pode não parecer mas..roupa é um algo íntimo, e de fato O É.


Mas me surpreendeu creio que a coisa toda, chegar e encontrar alguem, notar meu monte de roupas, o susto de achar que havia atrapalhado, a naturalidade e simpatia do bonito rapaz (só notei que era bonito quando ele se virou pra falar comigo), ele..por uma gentileza absurda e inexplicável, sem qualquer motivo e muito menos necessidade, ter dobrado meus itens.. e acho que até mesmo a maturidade e tranquilidade dele...
eu realmente..embasbaquei.


Foi uma coisa absurdamente espontânea, e seja lá qual tenha que ser a reação típica ou esperada de alguém de 21 anos, a minha é essa..e foi essa, e seja lá qual seja também a reação esperada de um desconhecido, essa foi a que ele brindou. E foi realmente melhor, e mais bonito, assim.. :)


*e todos os meus amigos, obvio, não iam perder a chance de fazer piada e me zuaram loucamente quando contei do causo..
Maioria falando coisas como: "PEGÔÔÔ" "NEM PERGUNTOU O NOME?!" "ALGUÉM VAI IR MAIS NA LAVANDERIIAA" "INVEEESTEEE!!" enfim..todos esses gêneros de coisas que ELES JUSTAMENTE SABEM que eu não faria e que me deixam ainda mais trollada pela situação.
Mancada xD


Mas eu realmente não vejo importância nenhuma na beleza do rapaz ou o que seja, na verdade isso só me impactou visualmente frente ao contexto.
Sinceramente, me sentiria incômoda com atitudes de 'oferta' ou já de 'affair' com algo tão aleatório e modesto assim...seria bizarro, não tem daonde e nem faz sentido..
Fica forçado e artificial..muito, mas MUITO, esquisito...
Agora, quem sabe, dar início pra um convívio social...quem sabe né? Mas ai deixa as coisas por conta, acho que é assim que a vida funciona :) o que tiver de fazer parte, vai simplesmente fazer.
Sei que vivo num edifício com muita gente da minha idade, que Palermo, em geral, tem muito o feel jovem e gente bonita, mas isso..deveras..não me faz diferença alguma.. levo com muita normalidade esses pontos, pois simplesmente não é algo que implica valor, nem pra mais nem pra menos, e tampouco estou 'buscando' alguma coisa..não é algo com importância, significado ou que eu tenha algum envolvimento..então não faz lá muito sentido.
Se chama a atenção? Pode sim, claro, não sou cega, mas só fica como algo bonito dentre tantas coisas bonitas que a gente vê na vida e no Mundo.
Enfim, não vejo diversão na causa*


Meus hábitos não mudariam e nem mudarão de forma alguma, EXCETO que eu agora vou passar a cronometrar melhor para evitar esse tipo de situação...xD que por sorte, nessa, foi bem simpática e agradável..apesar da vergonha de alguém que 'mexeu' nas suas roupas né..xD - pelo menos não ficou incomodado e não atrapalhei ele na lavagem das suas coisas!


Mas são ossos do ofício..são riscos de um laundry coletivo. (my panties...T_T #vergonhaporalguémtervistoepegoedobradoaspanties)
E foi divertido..ao fim xD




Um edificio que basicamente tem pessoas jovens\da minha idade, estudantes, e geralmente bonitos.
A raridade de encontros, mesmo sendo um edifício pequeno e intimista.
Uma situação que atiça a timidez de qualquer um. (pois apesar de toda a naturalidade e leveza, ele também ficou sem graça)
A coisa bem 'inesperada' e 'improvável' do dia..






Vão me dizer se não parece cena de Seriado?